RECENTES

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

"O Aprendiz" de Tess Gerritsen [Opinião Literária]





Título: O Aprendiz
Autora: Tess Gerritsen
Editora: Bertrand Editora
Coleção: Rizzoli & Isles (nº2)





Sinopse:

Ao ser chamada ao local de um crime, a detective Jane Rizzoli, da Polícia de Boston, faz uma descoberta aterradora: o homicídio aparenta ser cometido por Warren Hoyt, o Cirurgião, um perigosíssimo psicopata que, um ano antes, a deixou quase morta e marcada para sempre. Porém, isso não é possível, já que o Cirurgião está na prisão para onde ela mesma o mandou… Tratar-se-ia de um imitador?

À medida que novos corpos são descobertos, os medos ressurgem, principalmente quando Jane descobre que Hoyt fugiu da cadeia determinado a terminar o que começou… e desta vez a vingança será mais cruel do que ela poderia imaginar.

Opinião:

Depois da minha estreia fabulosa com esta autora, não poderia aguentar muito tempo sem ler o segundo volume desta saga. Obviamente as minhas expectativas estavam num nível bastante elevado… mas não foram de todo defraudadas!

O leitor é levado a seguir novamente os passos da detetive Jane Rizzoli, enquanto tenta resolver uma série de homicídios com conotações semelhantes aos crimes associados ao seu eterno némesis – “O Cirurgião”. Porém, este novo assassino, “O Dominador”, é ainda mais brutal e pervertido que o seu mentor, elevando o cenário de violência e abuso sexual retratado anteriormente.  

A escrita de Tess Gerritsen mantém-se fluída e as descrições cruas, grotescas e bem gráficas. As constantes referências a procedimentos forenses, a processos biológicos, ao jargão técnico e à terminologia médica podem ser assoberbantes e exaustivas, mas não são de todo impeditivas de uma leitura prazerosa, aliciante e até mesmo didática.

A vida pessoal da protagonista é mais explorada neste volume, com direito mesmo a uns laivos de tensão romântica deliciosos. Para uma mulher tão amarga e rancorosa, foi interessante observar a evolução da sua relação com Gabriel Dean, o misterioso e enigmático agente do FBI que surge inesperadamente para auxiliar – e por vezes controlar – a investigação do caso em curso. No final, adorei a forma como Rizzoli finalmente se apercebe que não é invencível, que necessita de ajuda como qualquer outra pessoa – não pelo facto de ser mulher, mas por ser humana.

Apenas posso apontar um pequeno detalhe: gostaria que a personagem Maura Isles, a médica legista, tivesse maior destaque na estória. Ao contrário da adaptação televisiva, a saga Rizzoli & Isles tem sido, pelo menos nos seus primeiros volumes, apenas centrada na primeira metade da dupla, algo que me deixou ligeiramente desiludida.

Por outro lado, Warren Hoyt (“O Cirurgião”) é mais uma vez parte integrante do enredo. O seu perfil psicológico continua a ser retratado com mestria, tendo direito aos seus próprios capítulos, nos quais a autora levanta o véu sobre a sua mente retorcida. A verdadeira natureza desta personagem é mórbida mas fascinante, sendo capaz de arrepiar o leitor! Apesar do final apressado e desconexo, que não me satisfez na plenitude, o último capítulo protagonizado por Hoyt conseguiu a proeza de me deixar transtornada com tanta perversidade!

Em suma, este é mais um thriller soberbo que veio solidificar a presença de Tess Gerritsen no meu atual pódio de autores favoritos.

12 comentários:

  1. Já me disseram que a Isles (e a sua vida sexual) vão ter mais foco nos próximos volumes :D

    Estamos de acordo a 100% eheheh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Yay :D *dança da vitória*
      Eu na série de TV sou mais fã da Isles por isso é que queria ler sobre ela :p

      Eliminar
    2. eu não vejo a série por isso é-me irrelevante xD

      Eliminar
  2. A série é fixe e engraçada mas não tem quase nada a ver com os livros xD Não tem o impacto grotesco dos livros e a Jane não é tão amarga e rancorosa (apesar de ser irritadiça) por isso não é tão boa como o livro (ui que novidade) :p

    ResponderEliminar
  3. Ehehehe realmente não aconselho a quem é fã dos livros xD

    ResponderEliminar
  4. Quando pegares no terceiro, já vais ter mais pormenores da vida da Rainha dos Mortos xD

    ResponderEliminar
  5. Excelente review, é um dos meus livros favoritos da autora. Quanto a Maura, não te preocupes que nos livros seguintes haverá mais sobre ela :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Ana :) Ainda bem, adoro a Maura :D

      Beijinhos

      Eliminar